25-06-2018

P Projetos

Lançamento da primeira pedra do projecto “Ecoturismo em Salinas” no dia 19 de Março

A primeira pedra do projecto “Ecoturismo na piscina natural de Salinas” é lançada no dia 19 de Março, numa cerimónia presidida pela embaixadora da União Europeia em Cabo Verde, Sofia Moreira de Sousa.

O lançamento da primeira pedra, que marca o início dos trabalhos da requalificação física do acesso ao local e na instalação de equipamentos de segurança e de lazer, que confiram a este local o selo de sítio de interesse turístico, acontece cerca de dois anos após a sessão pública de apresentação desse projecto, promovido pela Esdime e Câmara Municipal de São Filipe.

Compatibilizar a atracção turística com a tradicional actividade piscatória da comunidade da zona norte do concelho São Filipe é a aposta e o desafio deste projecto, que para além do investimento material na recuperação do acesso e da envolvente, inclui trabalho de sensibilização, mobilização e capacitação da comunidade.

O projecto beneficia de um financiamento da União Europeia no valor de 357.499 euros, mais de 39.300 contos), corresponde a 75 por cento (%) do investimento total que é de 476.666 Euros (52.400 contos cabo-verdianos), e tem como objectivo global a diversificação da oferta turística do Fogo.

O mesmo visa requalificar as infra-estruturas de apoio da piscina natural de Salinas para a dinamização turística e ambiental, procurando, em simultâneo, capacitar a comunidade para a dinamização económica e para a preservação ambiental deste património natural, sendo que este projecto se enquadra no âmbito de seus novos projectos financiados pela UE, denominado “preservação e melhoria do património social, cultural e ambiental como factor de diversificação e desenvolvimento do turismo sustentável e solidário em Cabo Verde”.

Salinas é uma baía que abriga um pequeno porto de pesca e uma piscina natural desenhada pela rocha vulcânica e uma das principais referências turísticas da ilha do Fogo.

Algumas actividades foram já realizadas como a socialização do projecto com a comunidade de São Jorge e com associação dos pescadores que utilizam esta baia, sendo que uma das primeiras actividades físicas a ser implementada, é a recuperação da estrada de acesso a Salina.

A criação de um “Fórum de Governança Local”, uma espécie de plataforma de participação e de colaboração, aberta à comunidade que vai acompanhar o desenvolvimento de todo o projecto é outra actividade do Ecoturismo na piscina natural de Salinas”.

 Com Inforpress

 

Comments fornecido por CComment

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)