21-06-2018

H Heráldica

O Decreto-Regulamentar nº 8/2000, de 28 de Agosto, no seu artigo 2º, determina que, ao abrigo da lei, os brasões de arma, as bandeiras e os selos são os símbolos heráldicos municipais.

Bandeira do Município

  • A Bandeira do Município dos Mosteiros é constituída por dois retângulos sobrepostos, dispostos no sentido do comprimento.
  • O rectângulo superior é de cor vermelha e o inferior é de cor verde. Cada um ocupa uma superfície equivalente à metade da bandeira.
  • No centro, sobre os dois rectângulos, elementos gráficos do brasão de armas do município e uma faixa branca com a inscrição “MUNICÍPIO DOS MOSTEIROS”.

Bandeira Municipio Mosteiros

Brasão de Armas

  • A imagem de um vulcão sobre uma superfície azul, ambas limitadas por uma circunferência de cor verde.
  • Três elos de cor verde ocupando a parte superior da composição, seguidos de dez estrelas de cinco pontas, de cor amarela, dispostas simetricamente em dois grupos de cinco e dois ramos de cafeeiro com frutos maduros.
  • Centradas na base da composição, em letras maiúsculas, as palavras “ILHA DO FOGO”.
  • No topo, da direita para a esquerda, as palavras “CÂMARA MUNICIPAL DOS MOSTEIROS”.
  • No caso da Assembleia Municipal, a inscrição, na mesma superfície, das palavras “ASSEMBLEIA MUNICIPAL DOS MOSTEIROS”.
  • Uma segunda circunferência de cor verde.

Selo

brasaologocmm

Simbolismo

Segundo autor, Domingos Luísa, os símbolos heráldicos dos Mosteiros apresentam alguns elementos e cores representativos do passado e do presente deste município, com o seguinte simbolismo:

O Café:

  • A riqueza do município;
  • O valor que o produto teve, tem e terá no desenvolvimento da economia do concelho.

O Vulcão:

  • A riqueza natural e o aspecto turístico como trunfo para o desenvolvimento do município e da ilha;
  • A referência obrigatória;
  • O convite para uma aventura ao turismo de montanha.

As estrelas e a Corrente (os três elos):

  • A união entre as ilhas de Cabo Verde e o reforço da unidade como ponte para o desenvolvimento sustentado e equilibrado do arquipélago.

A cor Verde:

  • A natureza, o mudo rural e a agricultura, principal actividade económica do município;
  • A esperança e o esforço do homem mosteirense na luta permanente para melhorar a sua condição de vida.

A cor Vermelha:

  • As frutas tropicais raras e excelentes existentes no município;
  • O sacrifício dos ancestrais que, cedo, aperceberam-se da necessidade de lutar para que o concelho pudesse avançar;
  • A necessidade de os nossos jovens seguirem esses exemplos para continuarem a apoiar o desenvolvimento do município.

A cor Azul:

  • O mar e a riqueza marinha;
  • A luta do homem do mar na busca da sobrevivência.

Fonte: cmmost.cv

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)