19-08-2018

P Personalidades

Henrique Teixeira de Sousa

Nota biográfica

Henrique Teixeira de Sousa, nasceu na Freguesia de S. Lourenço, Ilha do Fogo, a 6 de Setembro de 1919. Licenciado em Medicina pela Universidade de Lisboa, em 1945, especializou-se no Porto, em Medicina Tropical e Sanitária. No ano seguinte, foi colocado em Timor, e em 1948, regressa a sua terra natal, onde foi delegado de Saúde e fundou o Hospital e a Maternidade no edifício construído para ser hospital e que tinha sido transformado num albergue dos flagelados pela fome.

Em 1955-56, especializou-se em Nutricionismo, em França, tendo sido depois nomeado médico-adjunto da missão permanente de Estudo e Combate de Endemias de Cabo Verde e presidente da comissão de Nutrição do mesmo arquipélago. Foi membro titular da Société Scientifique d’Higiéne Alimentaire de Paris e da delegação portuguesa da III sessão da Conferência Inter-Africana da Nutrição.

Participou nos Congressos de Paludismo e Medicina Tropical (Lisboa, 1958) e no Seminário de Nutrição (realizado no antigo Congo Belga) em 1959. Exerceu medicina em S. Vicente, onde também exerceu funções de Presidente de Câmara entre 1959 e 1965.

Em 1973, foi nomeado adjunto do chefe da repartição de Saúde e Assistência do Barlavento, em Cabo Verde. A partir de 1975, passa a residir em Portugal, onde, já aposentado, exerce medicina privada.

Falece, vítima de atropelamento em Algés, a 3 de Março de 2006 e as suas cinzas são depositadas no cemitério de S. Lourenço, numa homenagem prestada pela Câmara Municipal de S. Filipe e presidida pelo Presidente da República, comandante Pedro Pires.

Teixeira de Sousa deixou uma vasta obra literária e numa entrevista ao ASemana em 2005, o escritor manifestava o que lhe faltava produzir em termos literários: “Só não sei se os anos da minha vida me chegam para escrever”, referia, indicando duas histórias, uma das quais sobre o avô, um grande proprietário na localidade de S. Jorge.

O outro tema, “bastante lírico”, nas suas palavras, teria como título o verso de uma morna de Amândio Cabral - Na Madrugada dos Teus Olhos. Mesmo sem ter tido tempo de escrever esses dois livros, o incansável Teixeira de Sousa fica para a literatura cabo-verdiana como um dos seus autores mais produtivos.

Artigos  publicados:
- “Da Claridade à Certeza”, in Certeza - folha da Academia, n.° 2. S. Vicente, Junho 1944
- “A estrutura social da Ilha do Fogo”, Claridade nº 5, Setembro 1947
- “A Lepra na Ilha do Fogo”, Magma nº1, Abril 1988 (texto de 1952)
- O problema alimentar em Cabo Verde. Praia, Cabo Verde, Imprensa Nacional, 1954
- “Recolhas folclóricas - curcutiçam (ilha do Fogo)”, Boletim de Propaganda e Informação n.°s 63 (Dez. 1954) e 67, (Abril 1955)
- “A emigração para S.Tomé”, Boletim de Propaganda e Informação n.° 65 (Fev. 1955)
- “A alimentação e saúde nas ilhas de Cabo Verde”, Boletim de Propaganda e Informação n.° 92 (Maio 1957)
- “Sobrados, Lojas & Funcos. Contribuição para o estudo da evolução social da Ilha do Fogo”, Claridade nº 8, Maio 1958
- Cabo Verde e a sua gente. Praia, Cabo Verde, Imprensa Nacional, 1959
- Mais de cinco anos na presidência da Câmara Municipal de S. Vicente. Ed. do Autor. Águeda, Gráfica Ideal, s/d

 Obra Literária:
- Contra Mar e Vento. Contos (1972)
- Ilhéu de Contenda (primeiro de trilogia) (1978)
- Capitão de Mar e Terra (1984)
- Xaguate (segundo de trilogia) (1987)
- Djunga (1990)
- Na Ribeira de Deus (terceiro de trilogia) (1992)
- Entre duas Bandeiras (1994)
- Oh Mar das Túrbidas Vagas (2005)

Comments fornecido por CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)