19-12-2018

E Empreendedores

MANUEL MENDES-PROFESSOR E EMPREENDEDOR

Manuel Mendes é um professor da língua francesa escola secundaria Dr. Teixeira de Sousa, em São Filipe, que há alguns anos viu uma oportunidade de negócio na área de suinicultura, sector de transformação de carne e tentou aproveitar essa oportunidade, tendo para o efeito, constituído uma sociedade por quota juntamente com outros cinco novos sócios, fundando a empresa Suifogo, uma marca conhecida a nível da ilha e de algumas ilhas do País.

A área de intervenção de Suifogo foi durante alguns anos a de produção de derivados de pecuária desde linguiça, bacon e carnes de suíno, bovino e caprino que são comercializados nos mercados das ilhas do Fogo e de Santiago, produtos de qualidade e procurados no mercado.

Este empreendedor que no princípio contou com apoio e incentivo da então Agencia de Desenvolvimento Empresarial e Inovação (ADEI), indica que desde 2013 surgiu nova oportunidade de negócio à volta de queijo que também foi agarrada pela empresa, que neste momento é o seu principal produto.

A partir deste ano a Suifogo começou a produzir queijo e para o efeito investiu na ampliação das suas instalações com a construção de mais uma ala e actualmente as instalações foram ampliadas em mais de 100 por cento, passando a dispor de mais uma sala de recepção de matéria-prima, espaço para instalação de um laboratório no âmbito do projecto “cluster de queijo” financiado pela UNUDI, e uma sala de expedição destina a receber os produtos acabados e prontos a serem expedidos para os diversos mercados.

A parte de infra-estruturas, está praticamente pronto, faltando apenas pequenos retoques, para a instalação da parte laboratorial que vai permitir a empresa Suifogo ter um produto com certificação que é o principal objectivo a médio prazo.

Para ter a certificação a empresa está a trabalhar no processo de certificação junto com a UNUDI e a ARFA, mas também na aquisição de alguns equipamentos, a formação de pessoal, formação e organização de processo de controlo que é fundamental no processo de certificação.

Além de produção de queijo e requeijão, lançado no mercado, há quase um ano, a Suifogo, segundo o empreendedor e director-geral da empresa, Manuel Mendes, vai apostar na introdução de novos produtos no mercado como o Pudim-de-queijo, aproveitando o queijo tradicional da ilha e confeccionar o produto de forma tradicional utilizando forno de lenha para ser o mais artesanal possível, mas em embalagens modernos para poder ser comercializado em todo o Cabo Verde.

Além disso, outra aposta no sector de lacticínios, é a produção, a médio prazo, de queijo semicurado e curado de leite de cabra que é um produto que tem margem de crescimento a nível do mercado, sobretudo os mercados hoteleiros.

À semelhança dos demais operadores económicos, o problema de transporte constitui o principal constrangimento. A deficiente ligação marítima entre as ilhas do Fogo e de S.Vicente obrigou a empresa a interromper o fornecimento dos seus produtos a alguns estabelecimentos daquela ilha até a regularização da linha.

Com relação aos mercados turísticos do Sal e da Boavista, Manuel Mendes, disse que a empresa tentou exportar os seus produtos para estas ilhas, mas o transporte marítimo é muito irregular e os produtos, nomeadamente o queijo é sensível e exige regularidade de entrega e tem de ter uma frequência maior. Sem um transporte marítimo regular e que dê garantia, a nível de rapidez e regularidade, é quase impossível atingir esses mercados turísticos pelo menos com produtos frescos, já que o transporte aéreo é extremamente caro.

 

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)