quarta-feira, 03 junho 2020

N Notícias

Municípios da ilha dispõe de plano de acção conjunta para prevenção de covid-19

Os três municípios da ilha do Fogo dispõem de um plano de acção conjunto para a prevenção da pandemia de novo coronavírus (covid-19).

No encontro realizado em São Filipe, os presidentes das Câmaras Municipais dos Mosteiros, de Santa Catarina e de São Filipe adoptaram algumas medidas de carácter regional e não apenas de cada um dos municípios de forma isolada.

Como informaram, foi constituída uma equipa de trabalho para, em simultâneo, ver experiências desenvolvidas em cada um dos  três municípios da ilha, e foi acordado um princípio para, na eventualidade de surgir qualquer caso num dos municípios, que os outros possam colocar à disposição do município afectado todos os meios existentes nos demais para atacar no sitio onde apareceu o caso e evitar maior alastramento.

Igualmente, os autarcas acordaram disponibilizar todos os meios disponíveis em cada um dos municípios para que sejam utilizados, lá onde houver necessidade, para acudir à situação e não esperar pelo próprio município.

Além disso, concertaram em relação à questão do centro de quarentena no sentido de que os meios mais próximos sejam utilizados, independentemente de pertencer a um ou outro município, havendo necessidade.

As medidas acordadas incluem o sector do saneamento e que, havendo necessidade num município, os demais podem acudir de forma a defender a ilha porque, explicou, “qualquer caso que surja num dos municípios, não é apenas dele, mas da própria ilha e por isso é dever e obrigação de todos os municípios atacar logo e evitar o alastramento”.

Recorde-se que, antes do encontro, o autarca dos Mosteiros, Carlos Fernandinho Teixeira, tinha defendido que “é imperioso que as  câmaras da ilha estejam juntas e convergentes nesta luta pois só é possível levar de vencida este desafio se for em frente unida, olhando para a ilha como um todo”.

Teixeira sublinhou de que juntos, e em articulação com o Governo e as autoridades da saúde, terão mais possibilidades de controlar a mobilidade das pessoas, localizar os casos de doença e prestar assistência médica e solidária.

Na terça-feira, Jorge Nogueira reuniu-se com a delegada de Saúde de São Filipe e com a equipa sanitária para a desinfecção de todas as mercadorias que chegam a ilha através do porto de Vale dos Cavaleiros, tendo, como primeiro passo, solicitado à delegacia de Saúde uma formação para os estivadores que estavam descobertos e sem meios básicos como luvas e mascaras.

Para a desinfecção, Jorge Nogueira sublinhou que, além de formação para os estivadores e de os equipar com luvas e mascaras, vai recorrer aos equipamentos de lavagem de viaturas para que quando os carros abandonarem o barco, sejam desinfectados com jacto de ar e da mistura de lixivia e água visando a eliminação do vírus.

Jorge Nogueira afirmou ter alertado as autoridades marítimas no sentido de evitar o contacto entre estivadores e tripulantes dos barcos.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)