sexta-feira, 29 maio 2020

N Notícias

43 famílias da zona sul dos Mosteiros beneficiadas no quadro do segundo projecto de ligações de água da Afosol

Quarenta e três famílias de Relva, Achada Grande e Corvo (Mosteiros) serão contempladas com o segundo projecto de ligação domiciliária de água, a ser implementado pela Associação Fogo Solidário (Afosol), com financiamento da Embaixada dos Estados Unidos da América.

O valor do financiamento é de 9000 dólares, perto de 900 contos cabo-verdianos, e além de ligação domiciliaria de água contempla o sector de fruticultura, com fixação de algumas centenas de árvores de frutas pelas famílias beneficiárias e não só, e a melhoria de uma habitação de uma pessoa deficiente.

O projecto foi submetido à Embaixada dos Estados Unidos da América para o financiamento, depois de a Associação ter concluído um primeiro projecto que contemplou a ligação domiciliária de água a 32 famílias de baixa renda dos municípios dos Mosteiros e de São Filipe.

A maior parte das famílias beneficiárias estava localizada no município dos Mosteiros, sendo 13 em Achada Grande, sete na Relva e três no Corvo, povoados da zona sul daquele município.

O presidente do conselho directivo da Afosol, uma organização não-governamental (ONG), Eugénio Veiga, disse que todo o processo organizativo está avançado e espera que, na pior das hipóteses, no inicio de Janeiro de 2020, se possa iniciar o processo das ligações.

O antigo autarca da Câmara Municipal de São Filipe avançou que o projecto foi apresentado antes da primeira visita oficial que o novo Embaixador dos Estados Unidos da América (EUA), Jeff Daigle efectuou à ilha do Fogo, no passado mês de Setembro, com passagem por alguma das habitações das famílias que beneficiaram do primeiro projecto e dos contactos havidos e, por isso, acredita que o diplomata deu algum empurrão no financiamento deste novo projecto.

O presidente da Afosol prometeu falar à imprensa ainda esta semana sobre este projecto, assim como da previsão para outra parceria que esta associação pretende estabelecer visando a implementação de projectos.

Aquando da visita do Embaixador dos Estados Unidos à comunidade de Relva, o presidente da Câmara dos Mosteiros, Carlos Fernandinho Teixeira, assumiu que é pretensão da autarquia ter todas as famílias do município com ligações domiciliárias de água até meados de Maio de 2020.

“A nossa pretensão é a ligação de água a todas as famílias no decurso desse ano até Maio de 2020 e contamos com colaboração de parcerias de associações comunitárias dos Mosteiros e da Embaixada dos Estados Unidos da América na eliminação de chafarizes e na colocação de uma torneia em cada casa”, disse na altura.

Segundo o autarca , os EUA tiveram um papel preponderante em três fases no município dos Mosteiros, e indicou que no quadro do programa MCA contribuíram na mobilização de recursos hídricos, através da construção de cinco reservatórios para fomento de horticultura e fruticultura, na extensão da rede de água desde Campanas de Baixo (São Filipe) até Relva, zona sul dos Mosteiros, e no financiamento do projecto de ligação domiciliaria de água a 30 famílias.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)