domingo, 17 novembro 2019

N Notícias

Centro de Emprego investe cerca de dois mil contos na modernização da sua sala de informática

O Centro de Emprego e Formação Profissional do Fogo investiu perto de dois mil contos na aquisição de equipamentos informáticos para a modernização da sua sala de informática, disse o director António Cardoso.

Ao todo foram adquiridos, através de um contrato de adjudicação directa a duas empresas da ilha, 20 computadores e dois datashow que já foram instalados, com “impacto significativo” para as ilhas do Fogo e da Brava, porque, segundo explicou António Cardoso, os equipamentos permitem trabalhar com software mais modernos de gestão e contabilidade.

Com a modernização da sala informática do centro, parte dos computadores substituídos vai ser instalado no centro de formação profissional de Ponta Verde, que não dispõe de equipamentos informáticos e onde a demanda é menor que no Centro de Emprego em São Filipe.

Além da modernização da sala informática, o centro tem programado para as próximas semanas a abertura de quatro acções de formação na área de turismo, financiado pelo Fundo de Turismo em mais de quatro mil contos, sendo três na ilha Brava e um na ilha do Fogo.

António Cardoso disse que na ilha Brava vão ser ministrados os cursos de cozinha e pastelaria de nível (qualificação) e outro de capacitação na mesma área para profissionais que estão a exercer essas profissões, mas que carecem de conhecimentos mais cientifico, observando que em relação ao curso de qualificação que visa a formação de profissionais de cozinha e pela primeira, é o primeiro curso de nível a ser realizado na ilha.

As acções vão ser desenvolvidas em parceria com um operador privado da ilha Brava, nomeadamente o hotel “Brava tour” que disponibilizará o seu restaurante e cozinha para formação.

Uma outra acção de formação na área de turismo é a de “praticas de atendimento a clientes e utentes” com duas saídas, podendo os formandos optar pela prestação de serviços a instituições publicas como as turísticas.

Na ilha do Fogo, o centro abriu na semana passada um curso de formação de qualificação de cozinha e pastelaria com 25 formandos em parceria com Associação de Solidariedade e Desenvolvimento (ASDE), já que os formandos vão utilizar a cozinha industrial da unidade hoteleira “Casa do Sol”, aproveitando os equipamentos disponíveis.

No dia 04 de Novembro inicia-se a formação para os taxistas que, segundo o director do centro, é um “curso estruturante” com uma carga horária de 160 horas e com duas vertentes, pois além de duas línguas estrangeiras (francês e inglês) o curso vai incidir também sobre a questão de acolhimento ao turista.

No Centro de Formação Profissional de Ponta Verde, que passou a ser gerido pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, estão em curso duas acções de formação nas áreas de electricidade e canalização, estando em perspectivas a abertura de outras duas acções cobrindo as áreas de serralharia/alumínios e carpintaria.

Para tal, esta semana, os responsáveis do centro de emprego, acompanhados de um técnico, visitaram o centro de Ponta Verde para o levantamento das necessidades para o início de manutenção das máquinas e arranque dos cursos, tendo o técnico aconselhado os responsáveis para tornar as oficinas auto-sustentáveis.

A parte prática dos cursos de electricidade e canalização poderá ser feita no contexto real de trabalho se o contacto com instituições avançar, segundo António Cardoso.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)