quarta-feira, 23 outubro 2019

N Notícias

Presidente do fórum energia e clima sensibiliza alunos da escola secundária Teixeira de Sousa sobre alterações climáticas

O presidente do fórum energia e clima, Ricardo Campos, promoveu durante dois dias, na escola secundaria Dr, Teixeira de Sousa, uma campanha de sensibilização dos estudantes sobre as alterações climáticas.

O fórum é uma organização criada com pessoas de todos os países que compõem a Comunidade de Língua Portuguesa, e com representantes da sociedade civil, sendo que o seu objectivo, segundo Ricardo Campos, é fazer uma sensibilização da sociedade civil, principalmente os mais jovens para esta problemática das alterações climáticas.

A sensibilização, segundo o mesmo, ocorre através de explicação de forma “muito fundamentada e simples” das razões porque o clima se tornou “um grande problema” para os dias de hoje e porque as temperaturas estão a subir em todo o planeta.

Durante a sensibilização, o presidente do fórum, além de explicar toda a problemática, defendeu a aceleração da transição energética como o caminho da economia circular e de uma revolução para aquilo que será uma economia mais sustentável.

Ricardo Campos observou que o fórum começou a desenvolver as acções pelas escolas, porque o objectivo é envolver os jovens num projecto chamado “guardião da vida” em que cada jovem na sua comunidade possa ser uma voz activa, através das suas acções e exemplos, para começar a alterar a situação de baixo para cima, naquilo que é um dos grandes movimentos civis que criaram progressos civilizacionais de grande relevo.

O fórum tem três pessoas residentes em Cabo Verde e que são responsáveis pela dinamização de projectos e sempre que possível o presidente desta organização não governamental, apoia esta equipa já que o mesmo tem outras responsabilidades, como a de coordenação de projectos entre países.

O fórum tem por finalidade estabelecer parcerias entre os vários países, citando como exemplo, que o projecto que neste momento está a ser desenvolvido por Cabo Verde na área dos resíduos, é um projecto partilhado com o Timor.

A escola secundaria Dr. Teixeira de Sousa, a segunda a receber a campanha de sensibilização dos estudantes, depois da escola técnica João Varela (Santo Antão), além da palestra com mais de uma centena de alunos do secundário, em São Filipe, realizou uma acção de plantação de arvores nos arredores da escola.

A campanha contempla palestras e acções de plantação de arvores, porque, explica o presidente do fórum, para atingir a neutralidade carbónica é importante que haja árvores para absorver o dióxido de carbono na atmosfera.

Segundo o mesmo as arvores são importantes, dai a necessidade de fazer a reflorestação e parar a destruir de florestas, porque a nível mundial, a cada segundo o equivalente a um campo de futebol de florestal desaparece, sublinhando que isto é “um drama” e é fundamental sensibilizar a juventude para proteger a floresta, as arvores e replantar para que elas sejam guardiães do futuro.

A receptividade da mensagem, no dizer de Ricardo Campos, foi “excelente” e exemplificou com o depoimento de uma aluna que ficou espantada com as informações transmitidas, tendo confessada que não tinha a mínima noção do que está a acontecer e prometeu que a partir de agora cuidar de planeta.

Para o presidente do fórum a questão ambiental é uma luta que calhou à geração actual e é a maior luta de todos os tempos, sobretudo para os mais jovens e mais pobres que terão menos recursos para se defenderem, afirma.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)