sábado, 14 dezembro 2019

N Notícias

Tribunal dos Mosteiros manda um dos jovens para prisão preventiva e outro aguarda desenrolar do processo sob TIR

O tribunal dos Mosteiros aplicou como medida de coação a prisão preventiva a um dos dois jovens envolvidos na briga que tirou a vida de um jovem de 26 anos, ocorrido na noite de sábado, em de Ribeira Ilhéu.

O segundo jovem detido pela Policia Nacional ficou a aguardar o desenrolar do processo sob termo de identidade e residência (TIR) por falta de provas.

Carlos Domingos Andrade Gomes, suposto autor do desferimento da arma branca e perfurante que provocou a morte, é primo da vítima, enquanto Manuel Socorro Gomes de Pina, que ficou sob TIR , é tio do jovem que perdeu a vida.

O incidente, que resultou na morte de um jovem da localidade de Ribeira do Ilhéu, zona norte do município dos Mosteiros, surgiu na sequência de uma briga após o desentendido havido durante um jogo de carta na noite de sábado, por volta das 22:00.

O jovem, supostamente ferido por uma arma branca e perfurante, segundo as autoridades policiais, ainda chegou a ser transportado para o centro de saúde dos Mosteiros, mas chegou sem vida, estando ainda o corpo na morgue do centro de saúde, por solicitação do Ministério Publico (MP) para a realização de autopsia para determinar a causa da morte.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)