sexta-feira, 19 julho 2019

N Notícias

Mosteiros define modelo de plano de contingência para época das chuvas

O município dos Mosteiros, através do serviço municipal de Protecção Civil, reuniu-se terça-feira, com os parceiros para no quadro dos preparativos para a época das chuvas definir o modelo de plano de contingência.

No encontro que decorreu na Unidade Municipal de Protecção Civil e Bombeiro dos Mosteiros, e que contou com as instituições que fazem parte do Conselho Municipal de Protecção Civil, serviços descentralizados do Estado, instituições privadas e organizações não-governamentais (ONG), foi apresentado o modelo do plano, mas também definido o quadro das responsabilidades, sistema de monotorização, alerta e alarme e fases de accionamento do plano.

O comandante regional Fogo/Brava do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, Edson Alfama, que conjuntamente com o vereador da área de Protecção Civil dos Mosteiros, Jaime Monteiro Júnior, copresidiu à reunião, disse que durante o encontro foi também identificado locais de perigosidade na época das chuvas no município dos Mosteiros, através de mapas e fotos.

O encontro serviu também para apresentação do plano de actividades, assim como o plano de mitigação e limpeza a cargo da delegacia de Saúde em cooperação com os Bombeiros Voluntários dos Mosteiros.

A importância do preparativo antecipado na coordenação entre as instituições foi também observada no encontro cujo objectivo é a partilha de boas práticas e identificação de problemas.

No plano constam várias acções como sensibilização das populações sobre medidas de prevenção, limpeza e desobstrução de canais de drenagem e diques, limpeza de valetas, remoção de lixos e identificação de focos de mosquitos.

Do encontro saiu algumas recomendações visando a mitigação do risco durante o período das chuvas como a interdição temporária de extracção de inertes na zona de Baleia, limpeza e desassoreamento dos diques e passagens de água, manutenção de muros e bermas das estradas principais e campanhas de luta contra vectores e mosquitos.

O comandante regional Fogo/Brava do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros disse que o encontro devia ser para os três municípios e que os de São Filipe e Santa Catarina do Fogo apesar de alertados não manifestaram interesse até a data da realização.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)