sábado, 20 julho 2019

N Notícias

Acidente de viação faz uma vitima mortal e mais de uma dezena de feridos no Fogo

Um acidente de viação ocorrido no inicio da tarde de hoje na localidade de Espigão, município de Santa Catarina do Fogo, provocou uma vitima mortal e mais de uma dezena de feridos, alguns em estado grave.

O acidente aconteceu por volta das 14:00, quando uma viatura hiace, do município do Mosteiros, que fazia o trajecto cidade de Cova Figueira – Mosteiros, terá atropelado várias pessoas e depois embatido em três viaturas que estavam estacionadas naquele troço.

Algumas pessoas que assistiram o acidente disseram à Inforpress que o hiace, ao que tudo indica terá perdido os travões, embateu em várias pessoas que, como acontece todos os anos, no dia 14 de Maio, deslocam-se a esta localidade para festejar o São José.

A vitima mortal, segundo apurou a Inforpress, é um individuo do sexo masculino, na casa dos 50 anos, que respondia pelo nome de “Heleno de Avelino” ou “Blick”, agente sanitário na localidade de Patim, de onde era natural e residente.

Os feridos que continuam a chegar ao serviço de urgência do hospital regional São Francisco de Assis, são das localidades de Jardim/Batente e Patim, que todos os anos no dia 14 de Maio deslocam-se ao Espigão para festejar o São José.

Além da vitima mortal, até às15:30 tinham dado entrada no serviço de urgência 11 pessoas com ferimentos, mas há indicações de que outras pessoas foram atendidas no centro de saúde de Cova Figueira.

As causas do acidente e o número exacto de feridos ainda não foram revelados pela Polícia Nacional, que está a proceder ao levantamento do acidente e da identificação das vitimas, mortal e feridos.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)