quarta-feira, 24 abril 2019

N Notícias

Chã das Caldeiras terá daqui a um ano ambulância preparada para o turismo – Gestor do Fundo do Turismo

O gestor do Fundo de Sustentabilidade Social para Turismo, Manuel Ribeiro, anunciou hoje, em São Filipe, o financiamento de aquisição de uma ambulância preparada para turismo para Chã das Caldeiras, na ilha do Fogo.

O compromisso foi assumido durante a assinatura de um protocolo com a Associação dos Operadores Turísticos (FG-Turismo), e na sequência do repto lançado pela Associação de Guias Turísticos de Chã das Caldeiras, no decurso da décima primeira mesa do diálogo dos projectos FATA e Rotas do Fogo, financiados pela União Europeia.

Manuel Ribeiro afirmou que “é um compromisso” e acredita que até Abril de 2020 Chã das Caldeiras vai ter uma ambulância e os equipamentos necessários para dar apoio ao sector do turismo.

“Não podemos falar do turismo sem a segurança e, no contexto do turismo, falar de segurança é muito amplo”, disse o gestor do Fundo do Turismo, indicando que implica falar sobre ter caminhos vicinais bem preparados mas também ter meios para questão de emergência médica.

“O Governo, através do Fundo do Turismo, irá disponibilizar até Abril do próximo ano uma ambulância equipada para Chã”, disse Manuel Ribeiro que se comprometeu, igualmente, apoiar a associação dos guias na criação do clube de desportos radicais.

A colaboração, segundo o mesmo, enquadra-se na política para formação para o turismo, observando que achou a ideia boa de ter um clube de desportos radicais para que as próprias crianças possam iniciar neste desportivo.

Quanto ao protocolo de parceria celebrado com a Associação dos Operadores Turísticos (FG-Turismo), Manuel Ribeiro indicou que é um instrumento “muito importante” porque, explicou, “não podemos continuar a viver sempre dos projectos”.

Segundo o responsável, neste momento, a União Europeia está a desenvolver com alguns parceiros, grandes projectos de turismo sustentável, caso dos projectos FATA e Rotas do Fogo, executados pela ONG italiana, Cospe, mas adiantou que há que começar a pensar “no dia seguinte após a conclusão dos projectos” e estar preparados para, aproveitando as ferramentas, continuar a definir plano de acção para médio e longo prazos.

Para tal, indicou, nada melhor do que ter uma associação vocacionada para o sector e começar a trabalhar desde agora para poder, a partir da conclusão dos projectos FATA, este ano, e Rotas do Fogo, no próximo ano, dar continuidade e, para tal, o Ministério do Turismo, Câmaras Municipais, associação de turismo e outras organizações da sociedade civil e a própria população, possam continuar na logica do desenvolvimento do turismo sustentável.

A presidente da FG-Turismo, Luísa Francisca Lopes, mostrou-se satisfeita com assinatura do protocolo e a disponibilidade do Fundo do Turismo, apelando a união de todos os operadores para o desenvolvimento do sector.

Além deste protocolo, um outro, foi celebrado entre a Câmara Municipal de Santa Catarina do Fogo e Associação dos Guias Turísticos de Chã das Caldeiras, em que a autarquia passa a disponibilizar a associação, um valor de 350 mil escudos/ano para realização de trabalhos de limpeza e de manutenção de trilhos turísticos utilizados pelos guias nas suas actividades profissionais.

A anteceder o protocolo, a associação apresentou os principais trilhos turísticos com destaque para o Pico principal (Vulcão) que é escalado anualmente por uma média de quatro mil turistas, mas o percurso encontra-se em estado avançado de degradação devido a erosão dos pés, chuvas e ventos.

Assim, a primeira intervenção com os recursos disponibilizados será na trilha de acesso ao Vulcão, que segundo a associação dos guias é a mais preocupante neste momento e que reclamava, há algum tempo, por uma intervenção.

Não ocasião, Alberto Nunes, presidente da Camara de Santa Catarina, anunciou que na próxima semana a sua autarquia vai disponibilizar um tracto de terreno na localidade de Portela, Chã das Caldeiras, à associação para a construção da sua sede e de um ponto de informação.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)