sábado, 20 julho 2019

N Notícias

Hospital do Fogo articula com ministério criação de serviço de especialidade em ortopedia

O Hospital Regional São Francisco de Assis pretende, em articulação com o Ministério da Saúde, Hospital Agostinho Neto e outros parceiros, dinamizar e criar condições para que este hospital tenha o serviço de ortopedia.

O director do Hospital Regional São Francisco de Assis, Evandro Monteiro, disse à Inforpress que estão sendo criadas condições para que “pouco a pouco” o hospital comece a dar respostas  nas áreas de especialidade, nomeadamente de ortopedia, que representa, neste momento, entre  40 a 50 por cento (%) dos pacientes transferidos de urgência para o hospital central da Praia.

É nesta óptica, sintetizou, que se pretende este engajamento com o objectivo de diminuir as transferências com respostas locais.

A necessidade de se ter um especialista na área de ortopedia foi discutida com o próprio ministério, mostrando o porque dessa necessidade, havendo “uma sensibilidade do Ministério da Saúde neste sentido”, razão pela qual o director deste estabelecimento hospitalar disse acreditar que “a curto prazo” pode ter um especialista na área de ortopedia para a região Fogo/Brava.

Segundo aquele responsável, é na procura de respostas para as várias especialidades que a direcção do hospital tem estabelecido parcerias com instituições e especialistas para apoiar a estrutura sanitária.

Neste quadro estão na região Fogo/Brava três especialistas italianos nas áreas de otorrinolaringologia, endoscopia digestiva alta e baixa e gastrenterologia e um gineco-obstetra que segundo o directo do hospital atenderam pessoas que precisavam de cuidados nessas especialidades  e  ajudaram a diminuir a lista de espera.

Em pouco mais de uma semana, referiu, foram atendidas “mais de centena e meia de pacientes”, uma média de 30 a 40  pessoas/dia, incluindo audiometria, na especialidade de otorrinolaringologia, e  entre 10 a 15 pessoas na área de endoscopia digestiva alta e algumas abordagens cirúrgicas, tendo-se registados alguns “casos interessantes” diagnosticados, para além dos habituais.

Segundo o mesmo, patologias inflamatórias infectivas do ouvido, garganta e do nariz mas também foram diagnosticados alguns casos suspeitos de processos  neoplásicos (câncer) na área de otorrino, enquanto a nível de endoscopia e gastrenterologia, o hospital deu prioridades às necessidades, sobretudo ao exame, tendo o especialista observado um paciente que foi transferido da ilha Brava.

Além dos três especialista italianos, o hospital recebeu nos últimos dias a colaboração de três especialistas nacionais, das áreas de dermatologista, cardiologia e um ortotraumatologista, observando que o cardiologista, além das consultas de especialidades, realizou exames e interpretação de electrocardiograma e ecocardiografia.

Da mesma forma auxiliou o hospital no atendimento dos pacientes internados e  as pessoas com algumas infecções cardíacas e que devem passar por processos cirúrgicos.

Quanto a vinda do ortopedista, Evandro Monteiro indicou que é a especialidade em que o hospital tem maior deficiência e por isso representa uma mais-valia, tendo em conta “toda a dinâmica” que a ilha e a região sanitária têm de patologias de fórum ortotraumatologico.

No sábado os especialistas italianos deslocaram-se, pela primeira vez, à ilha Brava para durante dois dias úteis desenvolver actividades, sendo que o otorrino está munido de um aparelho audiométrico portátil  para realização de exames e no final vai oferecer o mesmo aparelho à estrutura de saúde.

Este técnico vai também ministrar uma capacitação aos enfermeiros do hospital para que estejam preparados para a realização dos exames, devendo no futuro a referida capacitação ser reforçada.

O hospital foi agraciado com um aparelho de detenção das veias para o serviço de pediatria, de que necessitava, uma oferta da Enapor e cuja entrega ocorre na próxima semana, tendo aproveitado para agradecer a “oportuna e importante” oferta, que fazia “muita falta” ao serviço do hospital.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)