sábado, 20 julho 2019

N Notícias

Financiamento do Carnaval nos Mosteiros com aumento na ordem dos 40% em relação ao ano passado

A câmara dos Mosteiros orçamentou este ano o montante de 700 contos para o Carnaval, mais 200 contos em relação ao ano passado, o que representa um aumento na ordem dos 40 por cento (%) para prémios e subsídios.

O aumento do valor dos prémios colectivos e a introdução de atribuição de prémios individuais está na origem do aumento do orçamento do Carnaval 2019 no município dos Mosteiros, para 700 contos, dos quais 500 contos são financiados directamente pela edilidade, disse o vereador da Cultura, Fábio Vieira, indicando que a ambição da edilidade é aumentar o valor e trabalhar na perspectiva de transformar o Carnaval dos Mosteiros num produto turístico atractivo no futuro.

O vereador da Cultura da edilidade dos Mosteiros refere que em 2018 o orçamento foi de 500 contos, sendo 300 suportados pela autarquia, 200 pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas e que, à semelhança do ano passado, a edilidade aguarda pelo financiamento do Ministério da Cultura para a promoção do Carnaval no município dos Mosteiros, sendo que o valor será destinado mais para a promoção do Carnaval das escolas e infantários.

No início desta semana, o vereador responsável pelo pelouro da Cultura reuniu-se com os representantes dos grupos no quadro da preparação do entrudo e confirmou-se a participação de três grupos oficiais, nomeadamente Surpresa de Queimada Guincho, Strela Negra e Unidos de Fonsaco, da localidade de Mosteiros Trás, estando previsto para sexta-feira mais um encontro para a socialização do regulamento do desfile e para atribuição dos subsídios aos grupos para os preparativos.

O valor dos prémios foi afixado em 100, 70 e 50 contos para primeiro, segundo e terceiro classificados, respectivamente, enquanto para prémios individuais são de 10 contos cada para o rei e a rainha do Carnaval, 7.500 escudos para porta-bandeira, mestre-sala e para rainha de bateria, num montante global de mais de 260 contos.

Aos três grupos oficiais a edilidade vai disponibilizar um subsídio no valor de 70 contos (210 contos no global) para os preparativos e financiamento dos custos de produção, enquanto aos grupos de animação serão atribuídos um subsídio no valor de 20 contos.

A edilidade vai continuar a apoiar o Carnaval das escolas e dos jardins-de-infância nos mesmos moldes dos anos anteriores e os valores serão anunciados nos próximos dias.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)