23-10-2018

N Notícias

CCISS promove acção de formação sobre “técnicas de venda e fidelização de cliente”

A Câmara de Comercio, Indústria e Serviços de Sotavento (CCISS), através da sua antena na ilha do Fogo promove, entre os dias 08 a 12 de Outubro, uma acção de formação sobre “técnicas de venda e fidelização do cliente”.

Segundo uma nota de imprensa da antena do Fogo da CCISS, a formação, co-financiada pelo projecto “Quadro Integrado Reforçado (QIR”, ) destina-se aos empreendedores, micro, médias e pequenas empresas e todas as pessoas que pretendam adquirir novos conhecimentos sobre técnicas de vendas e fidelização de clientes.

O objectivo desta acção, explica o documento, é o de capacitar os participantes para dominar as técnicas e estratégias comerciais que permitam aos mesmos participar, de forma segura, em processos de negociação, venda e gestão de clientes, de modo a garantir a satisfação e fidelização da clientela.

Além disso, adianta a nota, com a formação, a CCISS espera dotar, no final, os empreendedores e empresários locais de ferramentas para reconhecerem as etapas do processo de vendas e as técnicas a serem aplicadas, aquisição de competências para optimizar o desempenho comercial, melhor a questão do planeamento e organização das actividades e ter a noção dos princípios do marketing e sua importância.

A venda centrada no cliente, preparação e planeamento de venda, objecções, processo de pós-venda e gestão e fidelização do cliente são os módulos a serem ministrados durante a formação que tem a duração de 20 horas.

No passado mês de Junho, a CCISS, através da sua antena na ilha, tinha promovida uma formação em gestão de armazém destinada a gestores de armazéns e de logísticas, por considerar que a gestão do armazém é um dos pilares da logística, precisando de uma constante racionalização.

Inforpress/Fim

Comments fornecido por CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)