terça-feira, 23 abril 2019

N Notícias

Jogo Vulcânico – Académica é destaque da 10ª jornada do campeonato regional do primeiro escalão

O confronto entre Vulcânico, campeão regional em título e terceiro colocado, e Académica, líder do regional, constitui o destaque da décima jornada, equivalente a primeira da segunda volta, do campeonato regional do primeiro escalão.

O jogo realiza-se sábado no estádio 5 de Julho na cidade de São Filipe e quer uma como a outra equipa estão “proibidas” de perder pontos para não atrasarem na corrida ao título.

No jogo da primeira volta as duas equipas empataram a um golo, mas uma eventual derrota do Vulcânico nesta partida poderá representar o “adeus” ao objectivo traçado que é de conquistar o tetra campeonato regional, já que ficará a seis pontos da liderança e com a desvantagem no confronto directo.

Por sua vez a Académica caso perca o jogo será alcançado pelo Vulcânico na tabela classificativa e com desvantagem no confronto director e por isso, quer uma como a outra agremiação vão ao jogo à procura dos três pontos, que no caso da Académica mantém a liderança e na corrida à conquista do título que lhe foge há, pelo menos quatro temporadas.

O empate mantém as duas equipas na corrida, esperando por eventual deslize de uma delas, mas a Académica poderá perder a liderança caso o Botafogo, que também está na luta pelo título, vença o Desportivo de Cova Figueira na sua deslocação ao estádio Monte Pelado na Cidade de Cova Figueira.

No jogo da primeira volta o Botafogo venceu no estádio 5 de Julho o Desportivo por três bolas a zero e a partida de sábado poderá ser constituir momento para a formação de Cova Figueira, que precisa de pontos para garantir a manutenção, vingar da derrota da primeira volta.

A anteceder o “derby” entre Vulcânico e Académica, no estádio 5 de Julho, as duas equipas que ocupam as duas últimas posições, Valência com seis pontos, e Nova Era com sete pontos, medem forças no jogo dos “aflitos” e em caso de vitória de uma delas e dependendo de outros resultados, poderá deixar a zona de despromoção.

Na primeira volta a formação de Nova Era tinha vencido o Valência por duas bolas a uma.

Já no estádio Monte Pelado e a anteceder o encontro entre o Desportivo – Botafogo, a formação de Baxada recebe o No Pintcha dos Mosteiros, numa partida equilibrada entre duas equipas que estão separadas por três pontos, sendo que o No Pintcha é quinto com 11 pontos e Baxada é oitavo com apenas oito pontos.

No jogo da primeira volta o Baxada tinha sido derrotado na sua deslocação aos Mosteiros, estádio Francisco José Rodrigues, pelo No Pintcha por duas bolas a zero.

A fechar a jornada a formação de Spartak, que após uma vitoria suada frente ao Valência na jornada anterior, saltou ta décima para sétima posição, recebe no estádio 5 de Julho o Atlético dos Mosteiros, que ocupa uma posição acima na tabela classificativa.

No jogo da primeira volta o Spartak foi goleado nos Mosteiros por cinco bolas a uma e em caso de vitória poderá ultrapassar a formação de Atlético que tem mais dois pontos.

Jogos da décima jornada, a primeira jornada da segunda volta: sábado no estádio 5 de Julho em São Filipe, Valência – Nova Era e Vulcânico – Académica e no estádio Monte Pelado na cidade de Cova Figueira, Baxada – No Pintcha e Desportivo – Botafogo. Domingo no 5 de Julho, Spartak – Atlético.

A nível do segundo escalão jogam para a sexta jornada do Grupo A, constituído pelas equipas dos Mosteiros e Santa Catarina, com os jogos: Grito Povo – Esperança e Cutelinho – Parque Real, ficando de fora a formação de Figueira Pavão e para o grupo B, constituído pelas equipas de São Filipe, jogam igualmente para a sexta jornada com as partidas Juventus Curral Grande – ABC de Patim, União de São Lourenço –  Brasilim e Atlântico  –  Luzabril, ficando isenta a equipa de Juventude de São Filipe.

JR

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)