terça-feira, 20 agosto 2019

N Notícias

Empossados os membros da Agência Reguladora do Ensino Superior (ARES)

O Governo definiu a implementação de mecanismos de aferição da qualidade do ensino superior, tendo como pressuposto o alinhamento dos parâmetros nacionais aos padrões internacionais,   como uma das principias funções criação da Agência Reguladora do Ensino Superior (ARES).

Ao proceder ao empossamento da recém-criada ARES, a ministra da Educação, Maritza Rosabal, disse que este órgão implica uma “grande responsabilidade”, ao mesmo tempo que requer “um esforço de aprendizagem, de reconhecimento profundo das experiências e sucessos” nesse âmbito, de parcerias, mas sobretudo em diálogo com instituições do País e do exterior.

Os desafios, sublinhou a governante, passam pela sustentabilidade económica e financeira  das universidades públicas e privadas, dimensões nas quais terão de ser trabalhadas de um forma “articulada e construtiva”.

A governante considerou que a qualidade do ensino superior, da pesquisa académica e aplicada, vinculada à actividade empresarial e à vida económico-social  é o garante do desenvolvimento sustentável do País e das próprias instituições educativas, a todos os níveis.

A criação da ARES enquadra-se no programa do Governo desta IX Legislatura, com vista a “transformação do ensino superior num eixo estratégico” para o desenvolvimento do País, com base na “excelência, eficiência e internacionalização”, priorizando como mecanismo de garantia da qualidade e da sustentabilidade do sistema “a regulação, o planeamento indicativo e a fiscalização”.

Maritza Rosabal fez questão de enaltecer a presença do antigo ministro da Educação Carlos Reis que, em 1979, iniciou o processo de instalação do ensino superior em Cabo Verde, e que, passados 40 anos,  Cabo Verde acaba de empossar a sua primeira ARES.

João Manuel Dias da Silva assume a presidência do conselho de administração da Agência Reguladora do Ensino Superior (ARES), órgão que tem a administração partilhada por  Elisabeth Coutinho e José Jorge Dias.

Dias da Silva manifestou disponibilidade da sua equipa em trabalhar para a criação de um sistema nacional de garantia de qualidade do ensino superior, que visa apoiar o fomento do desenvolvimento económico do país em matéria do ensino com”excelência, eficiência e internacionalização” universitária

SR/AA

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)