22-10-2018

N Notícias

Mosteiros reduz período das actividades do Dia do Município devido à seca e mau ano agrícola

A edilidade dos Mosteiros vai reduzir o período festivo de oito para seis dias e em cerca de 40 por cento (%) o orçamento para as actividades do Dia do Município, comparado com o ano transacto, devido à seca e ao mau ano agrícola no concelho.

Fábio Vieira, presidente das festas do Dia do Município dos Mosteiros anunciou hoje em conferência de imprensa, que essas medidas decorrem da seca e do mau ano agrícola e realçou que as festas vão homenagear este ano o cofundador do festival de música de praia Lantcha, o artista João Rodrigues Miranda “Eugénio Mimi” falecido em Setembro do ano passado nos Estados Unidos da América.

Conforme referiu, devido a “um contexto adverso e imprevisível, de seca extrema e mau ano agrícola, a Câmara Municipal decidiu pela realização de uma festa de baixo custo, no sentido de poupar recursos financeiros importantes que serão canalizados para apoiar os agricultores e criadores de gado, assim como as famílias mais vulneráveis e os jovens que precisam de incentivos para a formação técnico-profissional”.

Segundo Fábio Vieira a edilidade reduziu de oito para seis dias o período das festas sem pôr em causa nenhuma actividade, observando que no tocante à definição do cartaz, no quadro da promoção da eficiência económica, a edilidade se baseou em dois parâmetros, nomeadamente a preferência por artistas residentes no país e oriundos do município, e a flexibilidade do artista na negociação do cachê.

Avançou, entretanto, que o orçamento deste ano deve rondar os seis mil contos, o que representa uma redução na ordem dos 40 por cento em relação às despesas com as festas do ano de 2017.

Fábio Vieira que defende a terciarização da organização das festividades do dia do município, observou que em relação as actividades a edilidade teve a preocupação de introduzir algumas inovações, sem perder de foco o primado da eficiência económica.

Assim, as festividades decorrem de 10 a 15 de Agosto, sendo que a nível cultural destacam-se de entre outros a actuação de grupos como Cabo Verde Show e Tubarões e de artistas como Gil Semedo, além de artistas nacionais e locais.

A nível do desporto além dos tradicionais jogos de mesa, está agendado o torneio quadrangular de futebol com a participação das equipas de Flor Jovem de Calheta de São Miguel (Santiago), Vulcânico de São Filipe e os mistos de Santa Catarina do Fogo e dos Mosteiros, torneio de velhas glórias, futsal entre serviços, atletismo masculino e feminino, ciclismo, natação e a tradicional corrida de cavalos, sendo que o montante global para os prémios e trofeus para as actividades desportivas rondam os 500 contos.

No domínio cultural, além da actuação dos grupos e artistas referenciados, destaca-se a realização de duas noites de baile, a realização do vigésimo quinto aniversário do Festival de Praia Lantcha, lançamento de livros, concursos de dança, entre outros, culminando com a inauguração da rua pedonal na cidade de Igreja.

Na ocasião, a edilidade vai homenagear também diversas personalidades em reconhecimento do contributo dado em prol do desenvolvimento social e económico do município.

Do programa consta ainda a realização da feira regional de artes e dos derivados “made in Fogo” visando a promoção dos criadores de arte, empresários, empresas e sobretudo os produtos da ilha, a realização da gala do emigrante, que no dizer de Fábio Vieira, além de ser um evento para assinalar o dia do emigrante, vai ser um espaço de intercâmbio, convívio e partilha de experiência entre os emigrantes e para assinalar o contributo que tem dado ao desenvolvimento dos Mosteiros.

Além da gala do emigrante, outra inovação é a realização da primeira conferência dos municípios geminados com Mosteiros em que vão estar presentes os municípios de Entroncamento, Azambuja e Ansião (Portugal), Haría (Canarias) e Santa Catarina e São Filipe (Fogo) com objectivo de definir um novo modelo de cooperação descentralizada que deve estribar na partilha do conhecimento, experiências, “know-how” e transferências de competências em áreas e domínios estratégicos para o reforço da governação municipal.

Fábio Vieira disse, no entanto, esperar que a estrada que liga o centro e litoral dos Mosteiros a zona norte e ao município de São Filipe, via norte, esteja transitável entre os dias 10 e 15, como prometido pelo Instituto de Estrada para que a festa tenha mais brilho.

Com Inforpress

Comments fornecido por CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)