19-12-2018

N Notícias

Equipa de estomatologia da universidade de Valência (Espanha) efectua missão às ilhas do Fogo e da Brava

Uma equipa médica da Universidade Cardenal Herrera, Valência (Espanha), constituída por 12 elementos de entre estomatologistas, auxiliares e alunos desta área de medicina, efectua missão solidária a Cabo Verde, concentrada na região Fogo/Brava.

A deslocação da missão estomatológica solidária foi fruto de uma parceria entre a Embaixada de Cabo Verde e a universidade de Valência, através do professor Inaki Orozco Aparício e as câmaras municipais das duas ilhas.

A equipa composta por 12 pessoas de entre estomatologistas e estagiários está a desenvolver acções nas áreas de serviços básicos de prevenção e odontologia para as populações mais isoladas e de difícil acesso das ilhas do Fogo e da Brava.

A delegação, segundo a directora substituta do hospital regional São Francisco de Assis, Anya Andrade, que já esteve nos Mosteiros e na próxima semana vai estar na ilha Brava, efectua trabalho de prevenção, extracção dentária e tratamento de cárie dentária nas duas ilhas, mas também um projecto de formação preventiva para crianças em colaboração com os estabelecimentos de ensino locais.

A missão médica solidária da universidade de Valência passa a efectuar duas deslocações por ano e vai cobrir todos os municípios do país, sendo que esta primeira missão que cobriu as ilhas do Fogo e  Brava contou com apoio institucional do Ministério da Saúde e das Câmaras Municipais da região Fogo/Brava.

Além da equipa de estomatologistas da Espanha, o hospital regional São Francisco de Assis, no quadro da cooperação com hospitais e instituições internacionais, recebeu de uma universidade portuguesa que faz mestrado integrado em medicina, três estudantes de medicina para estágio por um período de um mês que termina a 19 de Agosto.

Com Inforpress

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)