19-11-2018

N Notícias

Homem que agrediu sexualmente a própria filha menor condenado a 12 anos de prisão

 O tribunal judicial da comarca de São Filipe condenou sexta-feira um indivíduo de 41 anos, a uma pena efectiva de 12 anos de prisão por crimes de agressão sexual e maus tratos contra a sua filha menor de idade.

O caso veio a público em Janeiro deste ano e o indivíduo que já tinha passagem pela prisão e inclusive estava em liberdade condicional por outros tipos de crimes, e na sequência foi detido preventivamente até o julgamento e a sentença foi conhecida na última sexta-feira, 29.

Pelo crime de agressão sexual agravada e continuada o tribunal condenou o indivíduo, que é pai biológico da vítima, a 10 anos de prisão e pelo crime de maus tratos à menor a uma pena de três anos, totalizando 13 anos, mas depois de feito o cumulo jurídico o tribunal fixou a pena em 12 anos de prisão efectiva.

Além dos 12 anos, o indivíduo, que saiu em liberdade condicional no ano passado, vai cumprir a parte restante da pena pelos outros crimes, pouco mais de dois anos, o que significa que na prática ira passar mais de 14 anos de reclusão.

Na altura em que o caso veio a público a vítima tinha 12 anos, actualmente conta com 13 anos, e está sendo acompanhada pelos técnicos do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescência (ICCA) através da sua delegação de São Filipe.

Com Inforpress

Comments fornecido por CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)