22-10-2018

N Notícias

Câmara dos Mosteiros e Delegação do Ministério da Educação assinalam Dia Internacional da Criança

 O Dia Internacional da Criança é assinalado no município dos Mosteiros com varias actividades, de entre elas a tradicional gala municipal de vozes e dança, com participação de crianças e adolescentes do município.

Esta actividade, promovida pela Câmara Municipal dos Mosteiros em parceria com a Delegação do Ministério da Educação, enquadra-se na sexta jornada municipal da criança, cujas actividades se realizam durante o mês de Junho.

O concurso de vozes contará com a participação de oito crianças/adolescentes provenientes das escolas dos dois agrupamentos educativos dos Mosteiros, enquanto no concurso de dança participam sete pares das escolas do ensino básico e da escola secundária.

A edilidade dos Mosteiros disponibiliza 50 mil escudos para financiar os prémios nas modalidades de música e dança, sendo que as actividades decorrem no polidesportivo João de Jóia, na cidade de Igreja, Mosteiros.

Mensagem alusiva a 01 de Junho, Dia Internacional da Criança, declamação de poesias, discurso de abertura do evento, actuação de Ely e banda (participantes da gala nacional), constam do programa para assinalar a data.

A programação da sexta jornada municipal da criança, que se realiza entre final de Maio e meados de Junho, além da gala de vozes e dança, contempla outras actividades como sejam jogos infantis, com participação de crianças de todos os jardins infantis do município, a participação nos jogos infantis SOS (entre os municípios do Fogo), sessões de filmes e de “contar de estórias” na biblioteca municipal, uma feira de saúde oral, de entre outras.

Inforpress

Comments fornecido por CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)