sábado, 07 dezembro 2019

N Notícias

Mosteiros: Autarquia ambiciona ver o café do Fogo declarado património nacional

Esta ambição, considerada legítima, foi revelada pelo presidente substituto da Câmara Municipal dos Mosteiros, Jaime Monteiro Júnior, na noite de sexta-feira, durante a cerimónia da abertura da quinta edição do festival do café “Fogo Coffee Fest”, indicando que a edilidade aposta neste evento visando atingir estes objectivos.

“A Câmara, com ousadia, confiança e visão, criou o festival do café que é hoje uma marca distintiva do município”, disse Jaime Monteiro Júnior, para quem o festival é um exemplo de partilha entre a autarquia, a sociedade civil, emigração e amigos dos Mosteiros.

Para o autarca, a realização do festival é para dar visibilidade ao café, observando que a ideia que norteou a sua efectivação era dinamizar os Mosteiros, aproveitando as suas potencialidades económicas, assim como valorizando a criatividade e audácia da população.

“O nosso café, outrora condenado por muitos ao declínio, se não ao desaparecimento, operou nos últimos tempos uma pequena revolução, graças a realização do festival”, advogou Jaime Monteiro Júnior, para quem longe de perder a vitalidade, é inegável que o café renasceu e atravessa um momento de intensa renovação e de inserção nalguns nichos de mercados internacionais como produto de qualidade,

Além de defender a declaração do café como património nacional, o autarca afirmou que a edilidade quer sensibilizar os proprietários, guardadores e apanhadores do café visando a renovação expansão das plantações, e os operadores turísticos no sentido de inserir a ilha no circuito internacional, por no seu entender as zonas altas dos Mosteiros disporem das condições climatéricas e ambientais que devem constituir motivos de atracção turística.

A necessidade de avançar com a criação do tão desejado museu do café é outra preocupação para promoção deste produto em toda a sua dimensão, e nesta matéria a edilidade espera poder contar com todos os seus parceiros.

“Temos de salvaguardar e de investir no que esta região e localidade fazem e torna-lo motivo de interesse turístico”, disse o presidente substituto, para quem a presença do Presidente da República veio a prestigiar o festival que é uma oportunidade para reunir produtores, proprietários, empresários, dirigentes políticos, especialistas, empresas e operários deste sector para momentos de partilha e de contactos.

Com Inforpress

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)