quarta-feira, 03 junho 2020

N Notícias

Especialistas italianos chegam no final de Março para duas semanas de consultas no hospital regional

Um especialista na área de otorrinolaringologia italiano e equipa de suporte chega à ilha do Fogo no dia 30 de Março para consulta de especialidade durante duas semanas no hospital regional São Francisco de Assis.

A vinda deste especialista italiano enquadra-se no processo de cooperação que a direcção do hospital regional Fogo e Brava “São Francisco de Assis” vem estabelecendo com hospitais e universidades Italianos.

Além da equipa da área de otorrinolaringologia, na mesma data, segundo o director do hospital regional, Evandro Monteiro, estará neste estabelecimento hospitalar para consultas de especialidade e cirurgia, outro médico especialista italiano na área de gastroenterologia e cirurgião.

Afora estes dois especialistas, o hospital regional vai contar com a colaboração, a partir de Abril, de especialistas de outras cinco áreas, de entre as quais uma equipa de oftalmologia.

Para a área de oftalmologia, Evandro Monteiro disse que a enfermeira que trabalha neste sector já se encontra em Itália em formação e que deve regressar no início de Abril, altura em que a equipa de oftalmologia fará a sua deslocação para consultas e realização de cirurgias.

O hospital regional deu início, este ano, à realização de cirurgias de pterígion (mais simplificado), mas a partir de Abril, com a formação da enfermeira e com a chegada do biómetro, equipamento já adquirido, o hospital passará a realizar cirurgias de catarata, já que, segundo o director do hospital, os demais equipamentos necessários para este tipo de intervenção já foram adquiridos e estão na ilha.

Com Inforpress

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)