sábado, 18 setembro 2021

N Notícias

Pró Empresa celebra protocolo com as câmaras municipais de São Filipe e dos Mosteiros

A Pró Empresa celebrou protocolos de parceria com as câmaras de São Filipe e dos Mosteiros, que contemplam o desenvolvimento de projectos e de acções conjuntas, capazes de contribuírem para que jovens e mulheres se tornem empreendedores autónomos.

A Pró Empresa, criada há quatro anos, tem concretizado “um intenso programa” de trabalho com contactos regulares com empreendedores e visitas empresariais, estabelecendo parcerias com todos os municípios do País, segundo o presidente do seu conselho directivo, Pedro Barros.

A Pró Empresa pretende ser um parceiro “de referência” no apoio ao investimento e ao empreendedorismo e é com este objectivo que o seu presidente do conselho directivo se encontra na ilha para “reforçar os contactos” com as autarquias, empresários e empreendedores numa altura em que se antevê a implementação de medidas públicas para apoiar a retoma da actividade empresarial.

Os protocolos contemplam o desenvolvimento de projectos e de acções conjuntos que contribuam para que jovens e mulheres se tornem empreendedores autónomos, capazes de criar actividades de auto-emprego e rendimentos nas respectivas comunidades.

O presidente do conselho directivo salientou que a Pró Empresa, no quadro deste protocolo, vai, de entre outros, apoiar os jovens e mulheres na elaboração de projectos, organização do dossiê passando pelo acompanhamento junto da banca para obtenção de financiamento, garantia ao crédito junto das organizações financeiras, sejam banca ou organizações de micro-finanças, e apoio na distribuição de produtos.

O presidente da câmara de São Filipe, Nuías Silva, por seu lado, disse acreditar que este protocolo, além de apoiar jovens e mulheres, vai também focar na área de produção, como o agro-negócio, e no sector de turismo.

O autarca aproveitou para anunciar a criação “para breve” de uma incubadora municipal para “dar resposta a todo o potencial empreendedor” da ilha, assim como um centro empresarial para a ilha poder completar as acções da Pró Empresa e do Governo, já que as instituições visam atingir a mesma finalidade.

Nuías Silva considerou que as instituições “não devem trabalhar isoladamente”, sobretudo quando o objectivo é criar mecanismos de suporte e fomento empresarial e dar oportunidades aos jovens e conseguir apoiar e “alavancar as boas ideias de negócios”, para que possam chegar ao mercado e criar auto-emprego, emprego, geração de rendimento e criação de riqueza.

Com relação aos Mosteiros, o protocolo contempla ainda a partilha das infra-estruturas do gabinete municipal de empreendedorismo, destinado ao atendimento de empresários da Pró Empresa.

O presidente da câmara dos Mosteiros, Fábio Vieira, destacou a importância da parceria entre as duas instituições, sublinhando que “mais importante que a assinatura do protocolo é garantir a sua aplicabilidade prática em matéria do fomento do empreendedorismo e o desenvolvimento empresarial no município dos Mosteiros”.

Fábio Vieira anunciou algumas acções no domínio do empreendedorismo, como a criação de uma agência municipal para atrair oportunidades de investimentos e promover Mosteiros enquanto destino turístico, a empresarialização do sector agropecuário, implementação do serviço municipal de apoio ao agricultor e criador, a modernização das estruturas de pescas e o desenvolvimento da fileira da pesca, criação do fundo de apoio às iniciativas empresariais e a gestão cooperativa do parque natural para potenciar os recursos da biodiversidade, entre outras.

O presidente do conselho directivo da Pró Empresa, Pedro Barros, além da assinatura dos dois protocolos, aproveitou a sua deslocação à ilha para contactos directos com os empresários e potenciais investidores, assim como visitas a algumas unidades empresariais detentoras de projecto de expansão e desenvolvimento de actividades.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)