sexta-feira, 19 julho 2019

D Diáspora

Mayor de Boston reúne-se com emigrantes cabo-verdianos/americanos e participa no programa com o primeiro-ministro

O mayor de Boston, Martin Walsh, que está de visita a Cabo Verde, reúne-se em Ponta Verde, com os emigrantes cabo-verdianos/americanos, antes de se deslocar a Chã das Caldeira para participar num programa com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

À sua chegada à ilha do Fogo, o mayor de Boston e a delegação, foi recebida no aeródromo de São Filipe pelo presidente da câmara de São Filipe e deslocou-se de seguida a Ponta Verde, zona norte da ilha, para se reunir com os emigrantes cabo-verdianos/americanos.

Depois do encontro, a delegação de Boston fará uma volta à ilha, com passagem pelos municípios dos Mosteiros e de Santa Catarina do Fogo, assim como uma deslocação a Chã das Caldeiras, onde almoça com os autarcas de São Filipe, Santa Catarina e Mosteiros.

No período da tarde e na localidade turística de Chã das Caldeiras, Martin Walsh participa, juntamente com o primeiro-ministro, no terceiro encontro nacional da ciência, tecnologia e inovação (CVNext) na rubrica “prime minister speaker series”: o sucesso da diáspora cabo-verdiana nos Estados Unidos e o seu impacto na economia local, em Boston e Cabo Verde.

No domingo, Martin Walsh assiste a missa na paróquia de São Lourenço, norte de São Filipe, antes de efectuar uma visita de algumas horas à ilha Brava, onde, além de encontro com o presidente da câmara, fará um “tour” por Fajã D´Agua, devendo regressar ao meio da tarde de domingo a ilha do Fogo, de onde seguirá para a Cidade da Praia.

Os Estados Unidos da América são um parceiro de vanguarda de Cabo Verde e com o qual o país concentra esforços para promover o reforço e o desenvolvimento de mecanismos eficazes de cooperação ao nível federal e descentralizada em vários domínios, sobretudo onde reside a maior comunidade cabo-verdiana no mundo, é neste quadro que o primeiro-ministro convidou o mayor de Boston a visitar Cabo Verde.

A deslocação às ilhas do Fogo e Brava deve-se ao facto da maior parte dos emigrantes cabo-verdianos nos Estados Unidos, ser originária destas duas ilhas.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)