22-08-2018

D Desporto

Palmeira vence Vulcânico e apura-se para as meias-finais do campeonato de Cabo Verde

A equipa do Palmeira venceu hoje, no Estádio Marcelo Leitão, o Vulcânico, por 1-0, e conseguiu o apuramento para as meias-finais do campeonato nacional de futebol.

Em partida referente à quinta jornada do grupo C, o avançado  Latchi marcou o único golo aos 25 minutos da segunda parte, garantido o apuramento do representante da ilha do Sal a uma jornada do final da primeira fase.

Com este triunfo, o Palmeira lidera isolado o Grupo com dez pontos, mais três pontos que Vulcânico e cinco do Sporting e Barreirense, que empataram a uma bola no Estádio Municipal do Maio.

Na próxima jornada, a sexta e última, o Sporting da Praia recebe o Palmeira, enquanto que o Barreirense viaja à ilha do Fogo para defrontar o Vulcânico,  jogos que vão  servir para cumprir calendário, uma vez que já está tudo decidido neste grupo.

Esta primeira fase do campeonato nacional de futebol é disputada por pontos a duas voltas, ou seja, todos contra todos a duas mãos, apurando-se para as meias-finais os vencedores de cada um dos três grupos e o melhor segundo classificado.

Resultados dos jogos da quinta jornada:

Grupo A:  Mindelense 0 – Académica da Praia 0, Académica Porto Novo  2 – Sal-Rei 1

Grupo B:   Belo Horizonte 2  – Scorpions 2, Foguetões 2 – Morabeza 1

Grupo C:   Palmeira 1 – Vulcânico 0, Barreirense 1 – Sporting da Praia 1

Classificação:

Grupo A: Mindelense (nove pontos), Académica da Praia (sete pontos) Académica do Porto Novo (cinco), Sal-Rei (um).

Grupo B: Foguetões (11 pontos), Belo Horizonte e Scorpions (seis), Morabeza (três).

Grupo C: Palmeira (10 pontos), Vulcânico (sete pontos), Sporting da Praia e Barreirense (cinco).

Com Inforpress

Comments fornecido por CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)