sexta-feira, 24 maio 2019

C Cultura

Carnaval: Desfiles do pré-escolar e ensino básico animam as ruas dos principais centros urbanos da ilha

As crianças dos jardins-de-infância e do ensino básico integrado festejam esta sexta-feira o Carnaval, com desfile nos principais centros urbanos da ilha, como Igreja (Mosteiros), Cova Figueira (Santa Catarina) e cidade São Filipe.

No município dos Mosteiros, o vereador da Cultura, Fábio Vieira, disse que além do Carnaval das crianças do pré-escolar e do ensino básico os grupos oficiais estão a ultimar os preparativos para o desfile oficial do dia 05 de Março na cidade de Igreja.

Segundo o mesmo, o desfile inicia a partir das 15:00 de terça-feira, sendo o primeiro a desfilar, de acordo com o sorteio, o grupo Surpresa de Queimada Guincho, seguido do grupo Strela Nega de Queimada Trás e por último o grupo Unidos de Fonsaco.

Uma das responsáveis do grupo Surpresa de Queimada Guincho, Paula, contactada via telefone pela Inforpress, disse que o grupo escolheu como tema “África berço da humanidade” e que vai colocar nas ruas um total de 128 figurantes e quatro andores, adiantando que a música, andores, coreografia e dança estão relacionados com o tema.

Quanto aos preparativos afirmou que tudo está a decorrer na normalidade, estando o grupo a finalizar os trabalhos, sendo que as roupas estão confeccionadas e só falta concluir os retoques finais dos andores, mostrando confiante na conquista do primeiro lugar.

A responsável do grupo Unidos de Fonsaco, Sandra, por seu lado, adiantou que o tema escolhido pelo grupo são “as cartas” (baralho) e que estão inscritos 132 figurantes e que o grupo levará para a cidade de Igreja dois carros alegóricos.

À semelhança de Surpresa de Queimada Guincho, o grupo Unidos de Fonsaco já tem pronto as peças de vestuários e neste momento está na fase de confecção das coroas, que deverá ficar pronto até domingo, dia em que os andores começam a ser pintados para na noite do mesmo dia proceder à montagem.

O objecto do grupo é levar, segundo a responsável, muita folia e animação para as ruas da cidade de Igreja e conseguir assim convencer o júri e conquistar o primeiro prémio.

Em relação ao grupo Strela Negra de Queimada Trás, as várias tentativas para contactar, via telefone, o seu responsável, não resultaram.

Segundo o vereador Fábio Vieira, os prémios são de 100, 70 e 50 mil escudos para primeiro, segundo e terceiro classificados, respectivamente, mas haverá prémios individuais, nomeadamente de rei e rainha, no valor de 10 mil escudos e para mestre-sala, rainha de bateria e porta-bandeira o valor é de sete mil e quinhentos escudos cada.

“Este ano não introduzimos prémios para carros alegóricos, música e outras categorias, mas para o ano, dependendo da dinâmica que tiver este ano, o subsídio de 700 contos será aumentado e vai se introduzir mais prémios individuais no Carnaval”, disse Fábio Vieira, observando que além dos prémios a câmara disponibilizou subsídio no valor de 70 mil escudos a cada um dos três grupos.

Este disse que para grupos de animação serão atribuídos uma gratificação no valor de 20 mil escudos de acordo com avaliação feita.

Em Santa Catarina do Fogo, onde a câmara disponibilizou 350 mil escudos para apoiar a festa do Rei Momo, através de atribuição de subsídios e de prémios aos grupos, além dos pólos educativos de Cova Figueira, Achada Furna e Roçadas, o desfile conta com a participação de dois grupos, Nova Geração de Achada Furna e grupo do complexo educativo Eduardo Gomes Miranda da cidade de Cova Figueira, concorrendo aos prémios no valor de 70 e 50 mil escudos, além de prémios individuais para rei, rainha, melhor música, carro alegórico e porta-bandeira.

Em São Filipe, apenas dois grupos, Fogo em Chama, do bairro III Congresso, e Mar Azul, de Beltchés, participam este ano no desfile oficial do Carnaval, ficando de fora grupos tradicionais como Faxa da Terra, do bairro III Congresso, e Fantasia, do bairro de Cobom.

Dado a desistência dos dois grupos, a câmara ampliou o valor de apoio concedido aos grupos passando de 100 mil escudos para 160 mil escudos, cada um dos grupos, mas o valor dos prémios mantém igual ao ano anterior, 150 e 120 mil escudos para primeiro e segundo classificados, e prémios individuais, como melhor carro alegórico, rei, rainha, porta-bandeira e música.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)