22-08-2018

Situada a 14 quilómetros da Cidade de São Filipe, no centro da Ilha, será esta, porventura a mais desconhecida das maravilhas naturais da ilha do Fogo: no sopé do Monte Inhuco, junto a um “chupadeiro” (pequena nascente) que se alimenta das suas entranhas, abre-se uma entrada, de 1 metro de altura por outro tanto de largo, para uma ampla abóbada e longuíssimo corredor subterrâneo que mergulha fundo no coração da ilha, por mais de 250 metros, não se sabendo exactamente o seu término, posto que ainda ninguém ousou propor-se a tal aventura.

As paredes brilham e tresandam de humidade; ouve-se o gotejar da água e uma corrente ar frio nos invade à medida que se desce; antigo e gigantesco canal, por onde ascendeu a lava para o hoje extinto(?) vulcão/monte Inhuco? Levar-nos-á então este corredor para uma Viagem ao Centro da Terra, provando ter razão Júlio Verne? Quem sabe? Mas existe uma certeza: MARAVILHA DA NATUREZA, sem sombra de dúvida. A ilha das maiores altitudes de Cabo Verde parece ser, também, a ilha das suas maiores profundidades subterrâneas.

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)