quinta-feira, 30 junho 2022

P Projetos

Projecto agropecuário financiado pela NAK-Karitativ inicia assim que for concluída a mobilização de água – promotor

O projecto para jovens da ilha do Fogo, nas áreas da agricultura e pecuária, financiado pela organização de socorro da Igreja Nova Apostólica (NAK-Karitativ) inicia assim que for concluída a execução do furo de prospecção de água subterrânea.

O responsável local pelo projecto, Augusto Manuel dos Santos, disse à Inforpress que o projecto foi pensado em meados de Março de 2019 para arrancar com as suas actividades ainda naquele ano, mas que alguns contratempos ditaram o atraso na sua implementação.

O primeiro contratempo foi a concessão de terreno por parte do Governo que só foi possível em Março de 2021, com a disponibilização de 23 hectares de terreno no perímetro de Monte Verde para a implementação do projecto.

Após a concessão, explicou, os responsáveis do projecto aproveitaram a presença da empresa Genius Water que realiza pesquisa, utilizando a tecnologia italiana para identificação de lençol aquífero com recurso a drones especiais, para a realizar estudos hidrológicos e de prospeção de água na zona de Monte Verde.

Augusto Manuel dos Santos disse que por indicação de Genius Water o projecto celebrou um contrato com uma empresa vocacionada para perfurações e neste momento aguarda pela chegada dos equipamentos para o início da campanha de perfuração à ilha.

“Já avançaram várias datas e a última é que no dia 15 de Junho os equipamentos chegam à ilha e há garantia de que o primeiro furo a ser realizado é do nosso projecto”, disse a mesma fonte, observando que o estudo aponta para uma perfuração de 110 metros para se encontrar a água.

A área total é de 23 hectares de terreno no perímetro de Monte Verde, mas nesta primeira fase o projecto vai ocupar, com irrigação uma área de três mil metros quadrados com hortícolas e dois mil metros quadrados com fruteiras e para a parte de pecuária será contemplada com dois pavilhões, sendo um com capacidade para 1.500 cabeças de galinha e outro para criação de caprino.

O projecto nasceu como forma de apoiar a juventude da Igreja Nova Apostólica na realização das suas actividades, como acampamento e encontros, colmatando as carências, salientou o responsável, indicando que o mesmo vai assegurar emprego público entre 30 a 50 pessoas no perímetro.

O financiamento na ordem dos 300 mil euros, 33 mil contos cabo-verdianos, é assegurado pela NAK-Karitativ, e engloba a realização estudos hidrológicos, estudos de impacto ambiental, perfuração, construção de um reservatório de 300 metros cúbicos, pavilhão para parte de pecuária e aquisição de sistema de irrigação gota-gota.

Para a exploração de água, que será a 100 por cento (%) através de energia renovável, o projecto prevê a instalação de um campo solar com capacidade para produzir energia capaz de fazer funcionar a bomba que for calculada.

A mesma fonte avançou ainda que assim que for concluído o processo de perfuração o projecto vai arrancar com toda a força, sublinhando que neste momento existe abertura do financiador para, no futuro, financiar um projecto na área de turismo para complementar este de agropecuária.

A NAK-Karitativ que apoiou em 2015 algumas famílias na sequência da erupção vulcânica, através de cobertura das casas e construção de casas de banho, pretende, além deste projecto na ilha do Fogo, financiar na ilha Brava, num terreno pertencente à Igreja Nova Apostólica, um projecto de produção de flores naturais.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)