domingo, 25 setembro 2022

N Notícias

Projecto Vitó expõe “Ilha do Fogo, Reserva Mundial da Biosfera”

“Ilha do Fogo, Reserva Mundial da Biosfera” é o título de uma exposição que a Associação Projecto Vitó, em parceria com a câmara de São Filipe, promove de 26 de Abril a 03 de Maio.

O director executivo do Projecto Vitó, Herculano Dinis, disse à Inforpress que estão a montar uma exposição para demonstrar um pouco a biodiversidade da ilha do Fogo e das áreas onde o projecto actua, nomeadamente sobre “as espécies que existem na região Fogo/Brava e nos Ilhéus Rombos”.

A exposição, que decorre nas instalações do Centro Sete Sóis Sete Luas, também conhecido por Espaço 24, terá três grupos diferentes, sendo que uma parte será só sobre as aves marinhas.

“Vamos expor fotografias das espécies nocturnas”, disse o responsável do projecto, indicando que recentemente, em meados de Fevereiro/Março deste ano, o fotógrafo belga, Bart Vercruysse realizou um “trabalho fabuloso”, fotografando colónias de aves marinhas, nos Ilhéus Rombos.

A exposição terá uma sala só com as fotografias das aves deste fotógrafo que é conhecido a nível mundial e está enquadrada num projecto dele que se chama “Petrels by night” (Petrel à noite), funcionando como um ponto de demonstração dessas fotografias na ilha do Fogo, já que ele faz exposição a nível de vários países de europa e do mundo e está a colaborar com o Projecto Vito.

Além das fotos desse fotógrafo, serão expostas fotografias de outras espécies de aves que existem em Cabo Verde.

Segundo o mesmo há um espaço só com as fotografias da equipa do Projecto Vitó que terá sessão de vídeos das áreas onde o projecto actua, o trabalho realizado sobre a biodiversidade, em geral.

“Haverá uma sessão sobre as plantas endémicas da ilha do Fogo”, pontuou Herculano Dinis, indicando que, no geral, a exposição é para “demonstrar a reserva da biosfera da ilha do Fogo”.

“Estamos a tentar montar uma exposição, de forma que as pessoas reconheçam as razões e os valores que levaram a ilha do Fogo a ser classificado como Reserva Mundial da Biosfera”, por isso o título da exposição “Ilha do Fogo, Reserva Mundial da Biosfera”, mas alargado um pouco mais, porque o projecto não trabalha e actua só na ilha do Fogo e o foco principal é a região Fogo, Brava e Ilhéus do Rombo.

A equipa do Projecto Vitó estará no espaço da exposição de forma permanente das 08:00 às 18:00, porque, explicou, o projecto tem como expectativa receber todas as comitivas que visitam a ilha neste período de festa.

O projecto está a articular com a câmara de São Filipe, que é parceira do Projecto Vitó na realização da exposição, cuja ideia é mostrar, ao máximo, a ilha do Fogo, de 26 de Abril a 03 de Maio.

“Estamos a articular com a câmara e se houver uma boa negociação podemos prolongar a exposição de forma permanente para que as pessoas que vêm ao Fogo, as comunidades, as escolas, os turistas tenham oportunidades de conhecer a nossa biodiversidade e os nossos recursos”, disse Herculano Dinis.

O director executivo do Projecto Vitó indicou que a expectativa é ter a visita de mais de 500 pessoas durante a exposição, porque a questão do ambiente e da biodiversidade é pouco divulgada e pouca atrativa para muitas pessoas, por isso, os promotores não querem colocar a expectativa muito alta, pese embora garanta que “a exposição é muito boa e haverá boa representação daquilo que são os recursos naturais das ilhas do Fogo e Brava e dos Ilhéus do Rombo.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)