sexta-feira, 03 dezembro 2021

N Notícias

Associação de Táxi reúne-se hoje com presidente da câmara e representantes da polícia e da DGTR

A direcção da Associação de Táxi – Fogo reúne-se hoje com o presidente da câmara de São Filipe, Polícia Nacional (PN) e delegado da Direcção-geral dos Transportes Rodoviários (DGTR) com a questão da actualização do tarifário em agenda.

O presidente da Associação de Táxi – Fogo,  Denildo Gomes da Silva, disse que com a câmara a ideia é analisar a questão da actualização do tarifário apresentado há mais de dois anos, tendo em conta os sucessivos aumentos do preço dos combustíveis.

Uma proposta apresentada há mais de dois anos à anterior câmara, mas que ainda os taxistas aguardam pela sua aprovação, prevê três períodos distintos, das 06:00 às 19:30, entre as 19:30 e as 21:30 horas e entre as 21:30 e as 06:00 horas do dia seguinte.

Para o primeiro período, a associação propõe, para deslocação dentro da cidade, o valor de 120 escudos e de 150 escudos nas deslocações entre hospital regional e os bairros de Congresso ou Xaguate, 400 escudos centro cidade/aeródromo e centro cidade/porto de Vale dos cavaleiros, 500 escudos de hospital regional /aeródromo, aeródromo/Xaguate e hospital/porto e 1.000 escudos para aeródromo/porto Vale dos Cavaleiros.

Das 19:30 as 21:30 horas, a deslocação de centro de cidade para o hospital passaria a ser de 150 escudos e dos bairros para hospital e vice-versa, 200 escudos.

A tarifa entre as 21:30 e as 06:00 horas do dia seguinte passa a ser de 250 escudos nas deslocações dentro cidade e para os bairros periféricos, de 700 escudos para uma deslocação ao aeroporto e para o porto, de 1.400 do aeroporto ao porto e de 800 escudos do hospital ao porto de Vale dos Cavaleiros.

Outra questão que pretendem discutir com a autarquia, PN e a DGTR está relacionada com o parqueamento, lembrando que com as obras de requalificação os parques que já eram insuficientes, tornaram-se “mais complicadas” e que os taxistas não têm espaço para apanhar ou deixar os passageiros, e que muitas vezes são objectos de coima pela PN.

Outra questão que será objecto de discussão no encontro de hoje é a questão do trânsito, mais concretamente da sinalização das vias, e, por isso, segundo o presidente da associação, vai-se apelar à câmara e à DGTR no sentido de melhorarem o sistema de sinalização para facilitar o trânsito, sobretudo na cidade.

Quanto à criação de parque de estacionamento de táxis na cidade de São Filipe, há um ano os taxistas apelavam para a urgência, porque na altura existia perto de uma centena de 80 táxis na praça e em toda a cidade existia uma média de uma dezena de parques.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)