sexta-feira, 03 dezembro 2021

D Desporto

Futebol/Fogo: Associação suspendeu jogos dos campeonatos regionais do primeiro e segundo escalões

A Associação Regional de Futebol do Fogo, na sequência do estado de calamidade, comunicou aos clubes do primeiro e segundo escalões a suspensão de todos os jogos dos campeonatos até o levantamento do estado de calamidade.

O estado da calamidade foi decretado sexta-feira, 30 de Abril, pelo Governo a nível nacional com excepção da Brava e por um período de 30 dias, determinando o encerramento de todas as instalações desportivas, proibindo a prática de actividades colectivas de desporto, de lazer e de diversão, bem como as artísticas e culturais.

“A Associação Regional de Futebol do Fogo (ARFF) comunica que, de acordo com a resolução nº 55/2021 do Governo de Cabo Verde, as provas em andamento e ou programadas ficam suspensas”, refere o comunicado distribuído aos clubes

Para hoje, 01 de Maio, estava agendada a realização dos jogos da fase de apuramento do campeão regional da ilha do Fogo, e do grupo de manutenção no escalão principal.

Para o grupo de apuramento de campeão regional, estavam calendarizados os jogos Valencia – Académica e Vulcânico – Botafogo e para a fase da manutenção no primeiro escalão, Cutelinho – Desportivo, No Pintcha – ABC de Patim e Nova Era – Spartak.

Para o segundo escalão e a contar para o grupo A, constituído pelas equipas do município de São Filipe, estavam calendarizados os jogos da 9ª jornada com as partidas Atlântico – União de São Lourenço, Juventus de Curral Grande – Luzabril e Juventude Brasilim, e, para o grupo B, formado pelas equipas dos Mosteiros e de Santa Catarina os jogos da 8ª jornada, Grito Povo – Atlético, Esperança – Baxada e Parque Real – Pavense.
Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)