21-01-2019

N Notícias

Ultima jornada da primeira volta do Regional do Fogo

A Académica goleou a formaçãoa da Baxada por 6-1 e Vulcânico e Botafogo derrotaram, nos Mosteiros, No Pintcha e Atlético por 2-1 e 2-0, respectivamente, nos jogos da 9ª jornada, mantendo tudo igual na liderança do regional.

No estádio 5 de Julho, na primeira partida de hoje, a Académica, líder isolado do campeonato regional do primeiro escalão, recebeu e goleou sem grandes dificuldades o Baxada de Cova Figueira por 6-1.

A goleada foi construída ainda na primeira parte com três golos, tendo a equipa da “Micá” marcado por mais três vezes no segundo tempo.

Os golos foram marcados por Basy (02), Cá (02), Badju e Fifa, enquanto o golo de honra da Baxada foi apontado por intermédio de Isac.

Na segunda partida disputada no estádio 5 de Julho, a formação de Nova Era foi surpreendida pelo Desportivo de Cova Figueira, que venceu por 2-1.

Os golos do Desportivo foram marcados por Lélé e Samuel, na primeira parte, e na segunda metade, apesar de o Desportivo ter marcado no período de compensação, por intermédio de Pipo, a formação de Cova Figueira conservou a vantagem, conquistando assim os três pontos que lhe permite ascender ao quarto posto na tabela classificada, já que as equipas dos Mosteiros, No Pintcha e Atlético, averbaram derrotas nesta jornada.

Nos Mosteiros, no estádio Francisco José Rodrigues, o campeão regional em título, o Vulcânico, teve de aplicar-se a fundo para vencer, de virada, o No Pintcha local por 2-1.

Nos minutos iniciais o No Pintcha marcou por intermédio de Edgar, na cobrança de uma falta, resultado que permaneceu durante todo o primeiro tempo.

Na etapa complementar o Vulcânico marcou cedo por intermédio de Adérito, o mesmo jogador colocou o Vulcânico em vantagem perto do final da partida na transformação de uma grande penalidade.

No segundo jogo realizado no estádio Francisco José Rodrigues, o Botafogo sentiu imensas dificuldades para ultrapassar o Atlético local por duas bolas a zero, com golos de Ditcha e autogolo de Valentim, todos na segunda parte.

Com este resultado o Botafogo continua no segundo lugar a um ponto da Académica e com mais dois que o Vulcânico.

O Spartak venceu  hoje,domingo, no estádio 5 de Julho, o Valência por duas bolas a uma no último jogo da nona jornada do campeonato regional do primeiro escalão e deixa a zona de despromoção.

O jogo era entre os dois últimos classificados do regional e a formação do Spartak, que na época 2014/15 conquistou o seu único título de campeão regional do Fogo, foi mais feliz e marcou por duas vezes, conquistando assim os três pontos em disputa.

Com esta vitória o Spartak que ocupava a décima posição, a última, na tabela classificativa com cinco pontos, passou a ocupar a sétima posição com os mesmos oito pontos que a Baxada, mas com melhor saldo de golos.

À entrada da segunda volta do regional, as duas últimas posições passam a ser ocupadas pelo Valência com seis pontos e Nova Era com sete pontos, enquanto o Spartak e Baxada somam oitos pontos e estão acima da linha de despromoção.

Resultado completo da nona jornada: Académica 6 – Baxada 1, No Pintcha 1 – Vulcânico 2, Nova Era 1 – Desportivo 2, Atlético 0 – Botafogo 2 e Valencia 1 – Spartak 2.

Para o próximo fim-de-semana realizam-se os jogos da primeira jornada da segunda volta com destaque para o jogo entre Vulcânico, terceiro colocado e Académica, primeiro colocado, estando as duas equipas separadas por apenas três pontos.

 Classificação do campeonato regional do primeiro escalão depois da nona jornada e última da primeira volta: Académica lidera com 22 pontos, seguido do Botafogo com 21, Vulcânico 19, Desportivo 13, No Pintcha 11, Atlético 10, Baxada oito, Nova Era sete, Valência com seis e Spartak com cinco pontos, sendo que estas duas equipas têm um jogo a menos, a disputar-se domingo, 13 de Janeiro no estádio 5 de Julho.

Inforpress/Fim

Comments powered by CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)