23-10-2018

D Desporto

Cabo Verde acolhe sede da Confederação Lusófona de Xadrez

As federações de xadrez dos países da língua portuguesa, que se encontram a disputar as Olímpidas de Bantumi, na Georgia, já constituíram a Confederação Lusófona de Xadrez, cuja seda será em Cabo Verde.

Segundo o presidente da Federação Cabo-verdiana de Xadrez, Francisco Carapinha, a comissão de gestão estará em funções até à Olimpíada de 2020 e é constituída pelos presidentes das federações de Cabo Verde, Brasil, Portugal e Timor-Leste.

Fazem parte desta confederação as federações de xadrez de Cabo Verde, de  Angola,  do Brasil, de Macau, de Moçambique, de Portugal, de São Tomé e Príncipe e de Timor Leste.

A selecção cabo-verdiana de xadrez encontra-se em Batumi (Georgia) na 43ª Olimpíada de Xadrez, com uma equipa formada pelos xadrezistas Luís Barros, Luís de Pina Fernandes, António Monteiro e Eder Márcio Pereira, delegação chefiada pelo presidente da federação nacional da modalidade, Francisco Carapinha.

Esta é a primeira aparição de Cabo Verde numa olimpíada da modalidade desde a sua adesão à Federação Internacional de Xadrez (FIDE), votada e aprovada por unanimidade a 11 de Setembro de 2016 em Baku (Azerbaijão), durante o 87º congresso desta organização que regula o xadrez mundial.

Inforpress

Comments fornecido por CComment

Agenda/Eventos

No events

Diáspora

Crónicas

Carta do Leitor

Guia Turístico

Inquérito

Nothing found!

logo fogoportal white

Um espaço privilegiado de convívio, de diálogo, de divulgação de opiniões acerca de tudo o que tem a ver com a Ilha do Fogo; um canal de ligação e de “mata sodadi” de todos os foguenses espalhados pelo mundo fora e que se preocupam com o desenvolvimento do seu torrão natal. (Editorial)